Make your own free website on Tripod.com
* E S T R E L A R *
Poesias 1 | Poesias 2 | Poesias 3 | poesias4 | Poesias 5 | Poesias6 | Poesias 7 | Poesias 8 | Poesias 9 | Poesias 10 | Poesias 11 | Poesias 12 | Poesias 13 | Poesias 14 | Poesia para Crianças 1 | Poesia para Crianças 2 | Histórias 1 | Histórias 2 | Histórias 3 | Pensamentos | Mundo Cão e Adoção | Horoscopo virtual | Links e Dicas | email e Livro de Visitas

Home









Poesias 7

*
*
*
*

divagação

Se me encontrares peranbulando por ai, Não fales comigo, pois não sou eu.
Será talves a minha alma que escapou de mim, em busca do paraiso dos Deuses, Da morada da Paz e da Liberdade.
Do recondito tranquilo dos que não sofrem.
Do mundo inatingivel pela falsidade
Do lugar ideal onde floresce o Lirio em todo o seu esplendor.
Do lugar onde se cultiva o Amor
Do lugar onde o Amor é simplesmente Amor.
Ao passares por mim, não me cumprimentes.
Não me desejes: Bom dia, boa tarde ou boa noite, Porque não ouvirei uma só palavra
Minhas portas e janelas estarão fechadas para o mundo.
Estarei caminhando solitaria, Pela amplidão vasta infinita do universo, Em busca de uma constelação qualquer.
Ou quem sabe!... de uma estrela solitária, que caminhe comigo de mãos dadas, pelo espaço infinito do infinito azul.
Onde não há senso de direção de norte, sul, leste ,Oeste
Onde não há Guerras, Porque não há nações.
Onde não há Oprimidos, Porque não há opressores nem opressões.
Onde não há Câncer, Porque não há poluições.
Onde não há Famintos, Porque não há fome nem miséria.
Onde não há Hipócritas, Porque só a verdade impera.
Onde o Homem não é explorado pelo homem,Porque são todos homens
Se me veres perambulando pela cidade, Não fales comigo, não me despertes.
Pois estarei sonhando com a Felicidade!!!

Lua

Em cada noite fria, Eu por ti esperei
Em cada estrela guia, Eu por ti procurei
E sem te achar eu chorei, No choro entristeci
Na tristeza procurei consolo
No consolo mais uma vez olhei para o céu, E ai foi que eu te vi.
Tu és a Lua, que muda a todo o tempo. Mais que nunca deixa de estar presente na escuridão da noite da minha vida.
Todo Amor é feito a Lua, Abençoada pos São Jorge
Amada pelos amantes
Cantada em versos pelos poetas
Testemunhas das desiluzões
Comfusões e realizações dos homens.

Poema do Amigo

A qualquer hora em que chegares, sentarás comigo em minha mesa.
A qualquer hora em que bateres a minha porta,
o meu coração também se abrirá.
A qualquer hora em que chamares, eu me apressarei.
A qualquer hora em que vieres, será o melhor tempo de te receber.
A qualquer hora em que te decidires, estarei pronto para te seguir.
A qualquer hora em que quiseres beber, eu irei a fonte.
A qualquer hora em que te alegrares, eu bendirei ao Senhor.
A qualquer hora em que sorrires,
será mais uma graça que o senhor me concede.
A qualquer hora em que quiseres partir; eu irei frente nos caminhos.
A qualquer hora em que cantares, eu estenderei os braços.
A qualquer hora, em que te cansares, eu levarei a cruz.
A qualquer hora em que te sentires triste, eu permanecerei contigo.
A qualquer hora em que te lembrares de mim, eu acharei a vida mais bela.
A qualquer hora em que partires, ficarás com a lembrança de uma flor.
A qualquer hora em que voltares, renovarás todas minhas alegrias.
A qualquer hora que quiseres uma rosa, eu te darei toda roseira.
Eu te digo tudo isso, porque não posso imaginar uma amizade
que não seja total, de todos os instantes e para todo bem.
Seu Amigo


Orlando Gambi


A Grandeza do Mar

Você sabe por quê o mar é tão grande?
Tão imenso ?
Tão poderoso?
É porque teve a humildade de colocar-se alguns centímetros abaixo de todos os rios.
Sabendo receber, tornou-se grande.
Se quisesse ser o primeiro; centímetros acima de todos os rios, não seria mar, mas sim uma ilha. Toda sua água iria para os outros e estaria isolado.
A perda faz parte.
A queda faz parte.
A morte faz parte.
É impossível vivermos satisfatoriamente. Precisamos aprender a perder, a cair, a errar e a morrer.
Impossível ganhar sem saber perder.
Impossível andar sem saber cair.
Impossível acertar sem saber errar.
Impossível viver sem saber viver.
Se aprenderes a perder, a cair, a errar, ninguém mais o controlará.
Porque o máximo que poderá acontecer a você é cair, errar e perder.
E isto você já sabe.
Bem aventurado aquele que já consegue receber com a mesma naturalidade
o ganho e a perda...
o acerto e o erro...
o triunfo e a queda....
a vida e a morte.

autor desconhecido